sexta-feira, 23 de novembro de 2012

“Hay Que Ressistir, Pero Sin Perder La Temperatura Jamás” Ernesto Che ..

Tenho assistido ao esperado, nada tem acontecido, nada mudou, as Farfalhadas continuam sem ter o que falar republicando o passado para se manterem ativas, esperando a primeira fofoca sobre algum acordo da Fraternidade com Roma ou sobre Dom Fellay, mas nada aparece de novo  para poderem sobreviver.  

No meio de tudo isso me assusta essa nova moda de fazer uma profissão e adesão de fé na Resistência, mas pensei que não poderia deixar de fazer também e incentivar mais pessoas que vejam o quanto isso é importante. 

Pensar que criticaram Dom Fellay por ele ter pedido confiança, mas eles estão pedindo Adesão e Fé...


terça-feira, 13 de novembro de 2012

Dom Fellay e o Dinoscopus

Enquanto isso em um mundo paralelo, mas que ainda podemos ver...





Para entender essa brilhante explanação de Dom Fellay que esclarece qualquer mente sincera e coerente.

Em que posição nos encontramos junto a Roma?




sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Non Possumus nos calar diante do desrespeito as tradições


Nesses tempos muitos Padres querem aparentar um zelo as tradições da Igreja que porém quando pesquisamos um pouco mais afundo percebemos que são na verdade erros e que de fato a Tradição da Igreja não age de forma imprudente. A pergunta que sempre levanto é, será que esses padres sabem o que é a tradição Católica? Neles existe um zelo verdadeiro ou um zelo próprio de fariseus que se escandalizam com o cisco no olho do próximo, mas não veem os erros e atrocidades que estão cometendo, sem superiores e sem regras!? Sobreviveriam esses padres autônomos ignorando as regras e se fazendo doutores de si a Igreja Tradicional? Vejamos um pequeno caso e exemplo que nos demonstra isso...

Primeiro não estou alegando que ninguém agiu de má fé, mas por um dever de caridade vamos ensinar aos ignorantes, algumas Tradições e leis da Igreja....


Muito semelhante ao ferraiolo (veja aqui), e muito diferente de uma capa de asperges (veja aqui),  o tabarro é uma veste usada em ocasiões não litúrgicas e cívicas de uso exclusivo de representantes do Núncio Apostólico, sua cor geralmente é preta. Como podemos perceber com as demais fotos a diferença entre as duas vestes é clara, primeiro pelo ferraiolo não apresentar a parte caída sobre os ombros e a segunda é a diferença de que padres não podem usar o tabarro, esse se destina apenas a bispos.    

     Mas, qual a razão dessa diferença do ferraiolo (usado por padres incluso na cor preta)? A resposta é simples para mostrar que o bispo é a autoridade máxima local, além de fazer lembrança ao episcopado que é o último e supremo grau do sacramento da ordem, além do poder de jurisdição do bispo representado em uma franja o que o difere do ferraiolo que não possui a mesma. 

O tabarro é usado por cima da batina, nunca pela sobrepeliz pois,
 ele é uma veste não litúrgica diferente da sobrepeliz.
Abaixo vemos o Papa Pio XII (na época Cardeal Pacelli usando um tabarro):


Bispo usando o Tabarro na cor negra usada para bispos ( o ferraiolo dos Bispos porém é da cor dos episcopados)
 



O Papa também faz uso dessa veste, gozando do uso da cor 

vermelha,  a mesma de uso exclusivo dos cardeais como podemos 

ver imagens de alguns pontífices usando-o: 


Papa Paulo VI

Papa São Pio X

Papa Bento XVI

Papa Pio XII


Concluindo:


 O tabarro é uma veste destinada UNICAMENTE para


 aqueles que gozam de alguma jurisdição, além de ser destinada

 somente para aqueles que receberam o episcopado. E que porém o

 tabarro na cor  vermelha é de uso excluso do sumo Pontífice e dos 

Cardeais.

Sendo assim nenhum sacerdote deveria fazer uso do Tabarro, nem

 na cor preta, própria dos bispos nem da vermelha de uso dos 

cardeais e do papa. Como podemos ver aqui nessas imagens onde 

esse uso indevido foi cometido (veja aqui)


*obs: algumas fontes informam incluso que o tabarro é uma veste exclusivamente papal na cor vermelha.
"The papal shoes, along with the camauropapal mozzetta, and cloak (tabarro), are the only remnants of the former red color of the papal garments. St.Pope Pius V (1566 - 1572), who was a Dominican, changed the papal color to white, and it has remained so since."

Para ler mais sobre o tema:

http://www.dieter-philippi.de/en/ecclesiastical-fineries/greca
https://picasaweb.google.com/caeremonialeromanvm/TabarroPapal
http://liturgia.mforos.com/1699129/8527488-el-tabarro-papal/





quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Emocionante Lição de moral...

Que sirva para refletirmos
 um pouco sobre tudo
que vem acontecendo...

Um coelhinho felpudo estava fazendo suas necessidades fisiológicas (famoso numero 2) matinais quando olha para o lado, e vê um enorme urso fazendo o mesmo. 

O urso se vira para ele e diz: 

- Hei, coelhinho, você solta pelos?

O coelhinho, vaidoso e indignado, que tal pergunta pudesse insinuar algo que o rebaixasse prontamente respondeu! 
 
-De jeito nenhum, venho de uma linhagem nobre e tradicional, de coelhos de pelo macios e firmes, originários de uma raça pura, sem misturas que nos deu um o pelo magnífico e aveludado, muito bom, fruto de séculos  e séculos de cuidados, cuidados  que venho tomando todos os dias para manter ainda melhor e...

















Então o urso pegou o coelhinho e limpou o bumbum com ele.